Perguntas Frequentes

Bloco 5S - Campus Santa Mônica

Navegou pelo site e ainda tem dúvidas? Veja aqui as perguntas frequentes e caso sua dúvida permaneça, entre em contato através do Fale Conosco.

Passos para efetuar um pedido:

  1. O primeiro passo é adicionar o(s) produto(s) ao Carrinho de Compras . Para que você adicione novo(s) produto(s) ao seu Carrinho de Compras é necessário que você acesse a página que contém os detalhes deste item.
     
  2. Depois de acessar a página com os detalhes de um determinado item, você deve preencher o campo quantidade e clicar no botão Comprar.
     
  3. Em seguida, será apresentado o conteúdo atual do seu Carrinho de Compras . Aqui ainda é possível alterar a quantidade de itens, remover um item bem como voltar às compras. Para prosseguir, clique no botão Fechar Pedido.
     
  4. Clicando no botão Fechar Pedido serão solicitados os dados do cliente. Preencha corretamente os campos Informações do Cliente e, logo após, clique em Finalizar Pedido.
     
  5. Se os campos foram preenchidos corretamente, você será direcionado para a página de Revisão. Nesta tela, serão listados todos os itens, seus valores e quantidades, o valor total do pedido, e os dados do cliente. Se tudo estiver correto, clique na opção Pagar no PagSeguro.
     
  6. Você será direcionado para a página de Confirmação de Pagamento do PagSeguro. Aqui é necessário escolher um meio de pagamento (Cartão de Crédito, Boleto, Débito Online ou Depósito em Conta) e confirmar os dados pessoais. Certifique-se que está de acordo com os termos de Contrato do PagSeguro e clique em Confirmar Pagamento. Boas compras!

A Edufu – Editora da Universidade Federal de Uberlândia, cadastrada na Agência Brasileira do ISBN, é a única editora no âmbito da UFU reconhecida por seus órgãos superiores, por meio de portaria que autoriza e normatiza seu funcionamento, definido por Regimento próprio, aprovado pelo CONDIR.

Atualmente, a Edufu trabalha com os seguintes identificadores de obras:

  1. ISBN (International Standard Book Number): somente para livros cuja publicação tenha sido aprovada pelo Conselho Editorial desta casa publicadora, após avaliação cega por pares devidamente nomeados pelo referido Conselho;
  1. ISSN (International Standard Serial Number): no caso de periódicos, somente para aqueles aprovados pelo Conselho Editorial.

*No caso de publicações relacionadas a eventos (anais, resumos etc.), deve ser obtido pelas próprias unidades acadêmicas junto ao Centro Brasileiro do ISSN (http://cbissn.ibict.br/). Para isso, no formulário de solicitação, o campo “autor corporativo” deverá ser obrigatoriamente preenchido com “nome da Unidade/Universidade Federal de Uberlândia/UFU”. Os dados da editora devem obrigatoriamente ser deixados “em branco”.

  1. DOI (Digital Object Identifier): atualmente para artigos dos periódicos chancelados, podendo expandir sua utilização para outras publicações acadêmicas online que levem o seu selo editorial.

Saiba mais:

https://blog.even3.com.br/doi-issn-e-isbn/

 

A chancela editorial é o selo da qualidade aferido aos livros que passam pelo processo de publicação determinado pelas políticas editoriais.

Nas obras da Edufu a chancela é representada pela logomarca, prefixo de ISBN, projeto gráfico e página de crédito.

A chancela Edufu, devido à sua vinculação com a Universidade Federal de Uberlândia, confere credibilidade e valor científico ao livro.

Para usá-la, é necessário a autorização do Conselho Editorial. O Conselho Editorial somente chancela obras que passam por avaliação anônima de conteúdo por, no mínimo, dois especialistas externos à UFU.

A obra estará chancelada após a aprovação pelo Conselho Editorial, cumpridas as etapas de revisão (Português e ABNT), diagramação e criação de capa segundo o projeto e a política editorial em vigor, inserção de ISBN com prefixo próprio da editora e a devida catalogação pelo Sistema de Bibliotecas UFU.

Com a chancela, a Edufu assume riscos e compromissos. Por isso, para garantir a integridade da obra chancelada, o copyright - o direito de reprodução - da edição chancelada (inclusive seu projeto gráfico) passa a ser exclusivo da Edufu, resguardando os direitos patrimoniais e morais do autor, conforme contrato.

 

O QUE É A CHANCELA?

A chancela da Edufu é o reconhecimento institucional da qualidade da revista, dando o direito a usar o selo da editora.

O periódico continua vinculado à sua unidade originária, mas contará com o suporte da editora.

QUAIS OS BENEFÍCIOS  DA CHANCELA?

  • Reconhecimento institucional.
  • Apoio nas estratégias de captação de recursos, processo editorial, divulgação, indexação e avaliação. *
  • DOI
  • Diagramação em XML.*
  • Hospedagem no SEER/UFU.
  • Uso das folhas de estilos.
  • Revisão de língua portuguesa.*
  • Traduções e revisões em línguas estrangeiras.*
  • Serviço de antiplágio.
  • Portal de Periódicos da UFU.
  • Participação no Fórum de Editores de Periódicos.
  • Capacitação via Ciclo de Formação Editorial.
  • Filiação à ABEC – Associação Brasileira de Editores Científicos.
  • Suporte editorial.

* Sujeito a disponibilidade de recursos financeiros e humanos.

COMO SE OBTÉM CHANCELA?

Os requisitos para a obtenção e manutenção da chancela estão descritos pela Resolução CONDIR No.03/2007, a qual está em processo de atualização.

Pelos novos critérios já definidos pelo Conselho Editorial da Edufu, a chancela será concedida e mantida ao periódico que observe os seguintes parâmetros:

I – ter aprovação do projeto pelo conselho da unidade a que estiver vinculado, contemplando:

a. relevância acadêmica devidamente justificada, contextualizando sua importância no cenário local, regional, nacional e internacional;

b. ter regimento próprio e normas de publicação aprovados pelo conselho da unidade a que estiver vinculado;

c. possuir conselho editorial e conselho consultivo ou similar, com abrangência nacional e internacional;

d. enviar à Edufu o relatório anual conforme prazo estabelecido pelo Fórum dos Editores de Periódicos;

e. possuir recursos físicos, humanos e materiais para condução dos trabalhos de secretaria e de organização do material a ser publicado;

f. ter edição on-line dos textos integrais, hospedada em servidor da UFU, no sistema de publicação em vigência e atualizado.

g. ter identificação ISSN – International Standard Book Number, e após a chancela empregar o DOI – Direct Object Identifier – conforme as políticas de identificadores da Edufu.

II – Observar a qualidade do conteúdo, tendo como base os critérios elencados abaixo:

a. obedecer normas da ABNT quanto à padronização da capa, lombada, datação, páginas pré-textuais, citações, referências e demais aspectos técnicos, respeitando-se especificidades das áreas. Poderá ser usada outra norma desde que especificada na política de submissão de artigos e que seja padrão em todos os textos do periódico.

b. estar listado no Qualis, nos extratos A ou B, exceto no caso de periódicos ainda não avaliados;

c. estar indexado em bases de dados ou repertórios da área;

d. evitar a endogenia, de forma a valorizar a participação de autores de outras instituições de cunho acadêmico/científico;

e. ter, no mínimo, cinquenta por cento de artigos científicos ou técnico-científicos publicados e gerados a partir de pesquisas originais, não divulgadas em outras revistas e, quando possível, artigos de pesquisadores de procedência estrangeira;

f. conter quantidade de artigos compatível com número estabelecido nos documentos de área da Capes.

QUAIS AS OBRIGAÇÕES DOS EDITORES CHANCELADOS?

Os editores dos periódicos deverão:

I – responsabilizar-se pelo cumprimento da política editorial definida para o periódico;

II – responsabilizar-se pela indicação de nomes para a composição do conselho consultivo e nomear pareceristas ad hoc, conforme o regimento do periódico;

III – organizar os pareceres e os processos de tramitação dos artigos recebidos pela revista;

IV – coordenar os trabalhos de compilação e edição dos números;

V – acompanhar o cumprimento dos trâmites institucionais de publicação do periódico;

VI – cumprir a periodicidade estabelecida,

VII – indexar a revista junto a instituições nacionais e estrangeiras;

VIII – responsabilizar-se pela adoção de identificadores (ISSN, DOI) e outros que se tornarem importantes para a boa avaliação do periódico;

IX – responsabilizar-se junto às suas unidades pelas traduções que forem necessárias;

X – enviar ao Conselho da Edufu relatório anual de desempenho aprovado pelo conselho da unidade ao qual o periódico se vincula;

XI – responsabilizar-se pela distribuição e acesso aberto e controle de assinaturas;

XII – acompanhar a arrecadação financeira do periódico sob sua responsabilidade;

XIII – disponibilizar ao Sistema de Bibliotecas da UFU os exemplares impressos necessários às permutas; e

XIV – participar das reuniões do Fórum de Editores de Periódicos da UFU.

O QUE FAZER SE O PERIÓDICO PERDER A CHANCELA?

O Conselho Editorial da Edufu tem voto final sobre a manutenção da chancela.

Caso o periódico não cumpra mais os requisitos ou seus editores não se enquadrem nas obrigações, a chancela poderá ser revogada.

Sob discrição do Conselho Editorial o periódico poderá continuar a ser hospedado no SEER, mas não terá nenhum benefício da chancela, tampouco estará autorizado a utilizar o logotipo ou publicar sob a marca da Edufu.

Os editores poderão encaminhar recursos ao Conselho Editorial após realizarem as devidas adequações.