Política Editorial

Em cumprimento ao disposto no Regimento Interno da EDUFU, o Conselho Editorial definiu as políticas editoriais que seguem abaixo:

  • Os trabalhos que não estiverem em conformidade com as normas abaixo serão automaticamente descartados.
  • O texto deve estar com o conteúdo e revisão definitivos. Não serão aceitas alterações após a diagramação.
  • A EDUFU não devolve originais.
  • As correções textuais e a normatização estão sujeitas à análise e aprovação do setor de revisão da EDUFU.
  • A EDUFU pode levar de 12 a 24 meses para publicar um livro, dependendo de vários fatores.

 

1. TIPOS DE OBRAS PUBLICADAS PELA EDUFU:

De acordo com seu Regimento Interno, a EDUFU publica apenas obras de caráter universitário (individuais ou em coletâneas), organizadas sob forma de obras científicas, didáticas e paradidáticas, guias, séries especializadas e temáticas. Propostas de obras técnicas de referência e livros em língua estrangeira serão aceitas em editais específicos.

 

1.1. Coletâneas

A elaboração de coletâneas (vinculadas a programas de pós-graduação) deve seguir os parâmetros da CAPES, descritos nos documentos de área disponíveis no Portal Capes. Os organizadores de coletâneas são responsáveis por entregar os textos padronizados quanto a assunto e normas técnicas.

 

1.2. Coedições

A EDUFU pode receber ou propor coedições, sempre dependendo de aprovação do Conselho Editorial, após análise por relator ou comissão do próprio Conselho. A análise do conteúdo segue os trâmites normais.

 

1.3. Dissertações e teses

A EDUFU descartará propostas que não tenham passado por adequação de texto acadêmico para o formato de texto de livro, pois teses e dissertações na íntegra se encontram disponíveis em diversos repertórios na rede mundial de computadores.

 

1.4. Traduções

Propostas de traduções deverão informar a situação dos direitos autorais. Compete exclusivamente à EDUFU negociar e firmar contratos de aquisição de direitos autorais quando onerosos. Recomenda-se que os proponentes busquem fomentos de tradução e informem se a obra proposta se enquadra nesses editais.

 

1.5. Coleções e séries

Propostas de coleções e séries deverão conter os organizadores e conselho editorial, bem como uma lista de títulos planejados e a periodicidade de submissões. A coleção ou série aprovada deverá submeter obras completas à publicação dentro de um ano de sua aprovação pelo Conselho Editorial.

 

1.6. Materiais de Eventos

A Editora não publica anais, livros/cadernos de resumos ou quaisquer materiais relativos a eventos.

 

2. COMO ENCAMINHAR PROPOSTAS DE PUBLICAÇÃO:

A publicação de livros e outros produtos editoriais pela EDUFU depende de aprovação do Conselho Editorial, de acordo com os seguintes procedimentos:

2.1. O autor/organizador deve pesquisar o título da obra via internet e/ou no catálogo da Biblioteca Nacional (www.bn.br) para evitar coincidência com títulos já publicados.

2.2. As propostas de submissões serão avaliadas por reunião da Divisão Editorial, Diretoria e conselheiros da área de conhecimento correlata, examinando a viabilidade e interesse editorial antes de enviar as propostas ao Conselho Editorial, procedendo à análise prévia, observando o que determina este Regimento em seu Título III e nas diretrizes firmadas na Política Editorial, manifestando-se pelo:

a) deferimento de viabilidade e interesse editorial da proposta de publicação e encaminhamento ao Conselho Editorial;

b) indeferimento da proposta de publicação quando não atender o que estabelece o Regimento e as diretrizes firmadas na Política Editorial;

2.3. O Conselho Editorial submeterá as propostas de publicação de obra completa para avaliação de conteúdo e pertinência devendo designar no mínimo 3 (três) pareceristas, de notório saber na área de conhecimento da proposta. Sendo o parecer aprovado, caberão os seguintes procedimentos:

2.3.1. Quando houver sugestões de mudanças no texto, a proposta deverá ser encaminhada ao proponente para as devidas adequações e concedido o prazo de 30 (trinta) dias para a devolução. A EDUFU poderá conceder a dilação do prazo desde que o pedido se fizer acompanhar de justificativa relevante.

2.4. Após a aprovação será celebrado o contrato entre a EDUFU e o(s) proponente(s), que neste ato jurídico ratificam a autenticidade dos originais e a responsabilidade civil pela obra.

 

3. COMO ENCAMINHAR PROPOSTAS COMPLETAS:

3.1. Orientações gerais

3.1.1. É imprescindível que todas as propostas tenham apresentação, introdução ou prefácio.

3.1. 2. Recomenda-se que as propostas sejam acompanhadas de verbas de instituições de fomento à pesquisa, como Fapemig, Fapesp, CNPq, entre outros.

3.1.3. O texto original encaminhado deverá estar de acordo com as normas atuais da ABNT, em especial quanto às citações e referências. Todas as citações do corpo do texto devem estar referenciadas.

3.1.4. Encaminhar originais à direção da EDUFU, conforme orientações disponíveis no edital ou na chamada pública. Devem ser entregues juntamente o Formulário de Identificação do Autor/organizador, o termo de entrega e compromisso do autor/organizador e os termos de delegação de competência e de cessão de direitos de uso de texto em obra coletiva (para coletâneas), impressos e assinados (Formulários disponíveis em Como Publicar)

3.2 Apresentação das imagens

3.2.1 Segundo a Lei Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998, Capítulo IV, Art. 46, incisos III e VIII, “não constitui ofensa aos direitos autorais: [...] a reprodução, em quaisquer obras, de pequenos trechos de obras preexistentes, de qualquer natureza, ou de obra integral, quando de artes plásticas, sempre que a reprodução em si não seja o objetivo principal da obra nova e que não prejudique a exploração normal da obra reproduzida nem cause um prejuízo injustificado aos legítimos interesses dos autores”, sendo obrigatória a referenciação das fontes. Fora desses casos, é necessário apresentar autorização de publicação assinada pelo/s detentor/es dos direitos autorais e/ou de imagem (Formulário disponível em Como Publicar).

3.2.2 O autor/organizador é responsável por verificar a qualidade das imagens para impressão gráfica.

 

4. DIAGRAMAÇÃO, CAPA E PUBLICAÇÃO

A EDUFU é responsável pela elaboração do projeto gráfico de miolo e de capa dos livros aprovados pelo Conselho Editorial. Os autores/organizadores poderão fazer sugestões, porém a decisão final cabe à Editora.

4.1. A EDUFU se responsabilizará pelo fornecimento do ISBN com seu prefixo editorial e código de barras para as obras publicadas com sua chancela, além da editoração (miolo e capa). Não serão aceitas alterações no conteúdo após aprovada a revisão gramatical. Não será aceita alteração no título após a solicitação do ISBN. A desistência de publicar após o início do processo editorial acarreta em ressarcimento à editora por parte do autor/organizador de todas as despesas geradas até então.

4.2. A publicação será em formato digital, sendo disponibilizada na página da EDUFU e em possíveis outros repositórios, bibliotecas digitais e base de dados.

4.3. Condicionada a julgamento do Conselho Editorial, poderá a EDUFU imprimir obras cuja demanda pela versão física seja razoável.

4.4. Quando impressos fora da UFU, os livros chancelados pela EDUFU deverão seguir o projeto gráfico da Editora e terão sua qualidade editorial acompanhada pela EDUFU por meio de provas impressas de miolo e capa, fornecidas pelo autor ou organizadores.

 

5. DIREITOS DOS AUTORES

5.1. Compete à EDUFU a gestão dos direitos autorais de livros, de suas coleções, obras coletivas e periódicos chancelados.

5.2. Os autores ou organizadores farão a cessão de direitos autorais patrimoniais de forma não onerosa.

5.3. Esta cessão compreende todas as modalidades de edição em forma de livro e edições eletrônicas ou similares, existentes ou que venham a ser criadas, tendo a Editora plena iniciativa e liberdade de ação para escolha do suporte. A título de cortesia, a EDUFU poderá conceder até 10% dos exemplares impressos aos autores. Para publicações em coedições ou aquisições de direitos de reedição ou traduções, a EDUFU poderá entabular contrato que disponha de outras formas de remuneração de direitos autorais patrimoniais.

5.4. A EDUFU exercerá os direitos de reprodução, distribuição e comunicação pública da obra contratada e publicada em versões eletrônicas, considerando como tais aquelas que incluem toda ou parte da obra em forma sonora, visual ou audiovisual para sua leitura junto com sons ou imagens (incluídas as versões multimídia e/ou outras tecnologias da informação e comunicação disponíveis ou que venham a ser criadas) em qualquer suporte eletrônico em seu sentido mais amplo. A Editora terá exclusividade para a publicação e comercialização da obra em todos os países de língua portuguesa e poderá vender os direitos de tradução para outros idiomas.

5.5. Para garantir a ampla disseminação do conhecimento científico e acadêmico, a EDUFU priorizará o acesso aberto, adotando regimes de direitos autorais de copyleft, creative commons ou licenciamentos similares.

5.6. Os direitos morais dos autores são irrenunciáveis, sendo a EDUFU solidária na sua defesa. O autor responderá juridicamente, de forma solidária/subsidiária, em caso de plágio ou violação do direito à honra, à intimidade, à imagem, injúrias ou calúnias, além de direitos autorais reclamados por terceiros.

5.7. Visando a continuidade das coleções, obras coletivas e periódicos chancelados, competirá à EDUFU a gestão dos direitos patrimoniais e morais dos textos integrantes dessas obras podendo contratar em nome desses titulares, bem como nomear organizadores, coeditores e coautores para atualizar, revisar e continuar obras coletivas ou reeditadas.

 

6. REVISTAS

6.1 Só serão hospedados no portal de periódicos ou impressos pela gráfica da UFU as revistas chanceladas pelo Conselho Editorial da EDUFU e devidamente adequadas às normas de publicação aprovadas no Regimento que regula os periódicos e suas respectivas atualizações.