Como publicar

Público alvo: 
Estudante
Professor
Técnico-Administrativo
Comunidade externa
Definições: 

As formas de proposição para publicação de livros são:

a) fluxo contínuo;
b) editais de prospecção. Em breve, teremos um edital para livros oriundos de teses de doutorado para compor a Coleção “Teses de Destaque”;
c) propostas de livros feitas pelos coordenadores das Coleções e Séries da EDUFU. O próximo período de proposição nessa modalidade será de 1º de maio a 30 de junho de 2023.

Além das restrições da Política Editorial, na proposição por fluxo contínuo, o Conselho Editorial não examina propostas:

  • oriundas de teses de doutorado;
  • coletâneas;
  • que não tenham a forma de livro;
  • incompletas ou em versão preliminar;
  • que estejam tramitando em outra editora;
  • que contenham, sem referência à fonte original, trechos já publicados em quaisquer meios e formatos de comunicação.

Se alguma das restrições mencionadas for identificada em qualquer momento do processo de avaliação, a proposta será recusada.

 

Etapas para avaliação da proposição de publicação:

1) verificação das condições mínimas de publicação: ineditismo, padrão linguístico e de normalização, adequação textual para livro etc.;

2) verificação da viabilidade editorial e financeira da proposta;

3) acolhimento da proposta pelo Conselho Editorial;

4) avaliação por pareceristas academicamente qualificados e de formação na área de conhecimento da proposta;

5) avaliação final da proposta pelo Conselho Editorial.

 

Requisitos para aprovação da obra pelo Conselho Editorial:

1) conteúdo e indicação dos pareceres de mérito;

2) relação da obra encaminhada com as linhas editoriais e com o padrão e as necessidades do catálogo da Editora;

3) contribuição para a pesquisa ou para a difusão do conhecimento;

4) consideração dos recursos financeiros disponíveis para a execução.

 

Processo Editorial

  • No caso de proposição por fluxo contínuo ou edital, o(a) autor(a) deve abrir processo no Sei do tipo "Documentação e Informação. Editoração. Programação Visual", preencher e assinar Formulário de Identificação e Proposição e anexar duas (02) cópias da proposta (uma com identificação de autoria e outra sem identificação), além de outros documentos necessários (verificar lista abaixo).
  • No caso das Coleções e Séries, é necessário o preenchimento e assinatura do Formulário de Identificação e Proposição pelos(as) autores(as)/organizadores(as) e pelo(a) coordenador(a) da Coleção/Série.
  • Após a verificação das condições mínimas de publicação e de sua viabilidade pela Divisão Editorial, o Conselho Editorial analisa a proposição e decide pela continuidade ou não do processo, dependendo de sua adequação às linhas editoriais e ao padrão e às necessidades do catálogo da Editora, bem como da viabilidade editorial e financeira de sua produção.
  • A obra é avaliada por pareceristas academicamente qualificados e com formação na área de conhecimento da proposta.
  • Os pareceres são examinados pelo Conselho Editorial, que decide pela aceitação ou não do trabalho e define as condições e o cronograma para sua publicação.
  • Após atendidas todas as recomendações do Conselho e resolvidas todas as pendências, o(a) autor(a) assina o contrato de edição.